A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

15:49

Olá, pessoas! Eu já fiz um post aqui falando sobre a preview que recebi de um livro chamado "A Playlist de Hayden" que iria ser lançado pela editora Novo Conceito, e hoje trago para vocês a resenha completa do livro que recebi deles no fim do mês passado.

A Playlist de Hayden
Autor: Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito
Sinopse: "Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente.
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil."


.

.



Hayden e seu melhor amigo Sam são do tipo de pessoas que não se encaixam bem nos esteriótipos comuns no colégio. Eles gostam de coisas geek e música. Eles são amigos desde os 8 anos quando Sam mudou-se para a cidade onde Hayden morava, Libertyville. Estando os 2 agora no ensino médio, eles creditavam que suas vidas iriam mudar, que iriam finalmente encontrar amigos com os mesmos gostos e se encaixar em algum grupo finalmente, mas não foi bem isso o que ocorreu, continuaram a ser apenas os 2 juntos no horário do recreio, já que estudavam em turmas separadas.

Só que em um fatídico dia acontece algo que muda para sempre a vida de Sam. Ele e Hayden haviam brigado por algum motivo em uma festa dias antes, e quando Sam chega a casa de Hayden para desculpar-se, encontra o amigo no quarto enrolado em seus lençóis de Star Wars, algo normal, se não fosse pela falta dos roncos contantes do amigo que ele notara. Sam sacode Hayden na cama e nada dele ao menos dar um resmungo em resposta. Quando olha para a escrivaninha ao lado vê uma garrafa vazia de Vodka e um vidro de Valium (compridos tarja preta da mãe de Hayden) também vazio. Ele não queria acreditar no que aconteceu, mas era verdade, seu amigo tinha cometido suicídio durante à noite.

Ainda atordoado com a situação, Sam encontra caído ao lado da cama de seu amigo um pendrive e um bilhete que dizia “Para Sam. Ouça. Você vai entender”.



No dia do funeral do amigo, Sam acaba conhecendo na loja em que ele Hayden costumavam frequentar, Astrid. uma garota alta com cabelos bicolor e um piercing no lábio, que gostava das mesmas coisas nerds que eles gostavam, o que conquista instantaneamente a atenção - e o coração - dele. E ao que tudo indica, ela era amiga de Hayden. Coisa que Sam estranha na hora, pois o amigo nunca havia mencionado que tinha outros amigos. Ainda na loja, ele compra uma estatueta de um mago com cabelos castanho avermelhados que lhe lembrava Hayden, por se assemelhar ao personagem que ele usava para jogar o jogo favorito dos dois, Mage Warfare.
Mais tarde no mesmo dia jogando em casa seu jogo favorito, aparece um tal de Arquimago_Ged para jogar com ele e que estranhamente fala igual a Hayden.

Sam então começa a se enturmar aos poucos com alguns amigos de Astrid, e acaba percebendo que havia muito mais vida do que ele imaginava, que sua vida não era mais resumida só em Hayden, que sempre seria seu melhor amigo em quem ele sempre pensaria bastante.
Paralelo a isso, começam a acontecer coisas ruins com membros da trifeta do bullying, nome dado por Sam e Hayden aos meninos responsáveis por infernizar suas vidas: Jason, Travor e Ryan (irmão mais velho de Hayden); e as suspeitas caem sobre Sam, pois ele teria motivos para querer se vingar dos idiotas que implicavam constantemente com ele e seu amigo agora morto. Então Sam começa a pensar que está ficando louco pois não se lembra de tê-los atacado mas também não possui um álibi para os momentos em que os ataques ocorreram.



É um sick-lit com história bastante intensa e com uma ótima trilha sonora para agradar todos os gostos. Cada capítulo é nomeado por uma música. A maioria são bandas de rock indie como foster The People, Vampire Weekend e Radiohead. Mas também bandas clássicas como Metallica e Ramones, entre outros estilos. Acho uma boa leitura para quem curte o gênero “sick-lit” e rock’n'roll, assim como eu.

Abaixo deixo para vocês uma playlist que montei no Spotify com as músicas citadas no livro:

[spotify id="spotify:user:luddzilla:playlist:0IpD0HonwCIDCEoUo19nsb" width="300" height="380" /]

Livro no Skoob | Onde Comprar

You Might Also Like

7 comentários

  1. Gente, ta todo mundo falando desse livro e eu aqui sem ele.
    Preciso muito, achei a ideia fantástica!

    ResponderExcluir
  2. @Cíntia de Melo, Ele é muito bom e diferente mesmo. Se tiver a oportunidade, leia. Super recomendo! ^-^

    ResponderExcluir
  3. parece bem interessante o tema do livro, vi alguns blogs falando sobre ele e fiquei com vontade de ler

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da resenha e ja coloquei a sua playlist.
    Blog da Joanna

    ResponderExcluir
  5. @Fernanda Machado, Leia, sim. Recomendo demais, é uma leitura bem agradável. (:

    ResponderExcluir
  6. @Anna Secco, Fico feliz que tenha gostado! E espero que goste da playlist também. ;*

    ResponderExcluir
  7. [...] ler a resenha de A Playlist de Hayden, clique aqui. Se você ainda não é inscrito no meu canal, clique aqui e se inscreva. [...]

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images